This is default featured slide 1 title

Go to Blogger edit html and find these sentences.Now replace these sentences with your own descriptions.

This is default featured slide 2 title

Go to Blogger edit html and find these sentences.Now replace these sentences with your own descriptions.

This is default featured slide 3 title

Go to Blogger edit html and find these sentences.Now replace these sentences with your own descriptions.

This is default featured slide 4 title

Go to Blogger edit html and find these sentences.Now replace these sentences with your own descriptions.

This is default featured slide 5 title

Go to Blogger edit html and find these sentences.Now replace these sentences with your own descriptions.

TV JORNAL

sexta-feira, 26 de janeiro de 2018

#UtilidadePública: FEBRE AMARELA

INFORMAMOS


quarta-feira, 24 de janeiro de 2018

Governo de PE decreta emergência devido à estiagem em 69 municípios do interior

Situação de emergência deve durar 180 dias. Santa Maria do Cambucá,  Frei Miguelinho, Casinhas e  João Alfredo estão entre os afetados.





O Governo de Pernambuco decretou situação de emergência em 69 municípios do interior devido à estiagem. O decreto foi publicado no Diário Oficial do Estado desta terça-feira (23),
Conforme consta no decreto, o documento tem validade de 180 dias, período em que o governo do Estado deverá adotar medidas que ajudem a enfrentar o quadro em conjunto com os órgãos municipais. Perdas na gropecuária da região são um dos impactos ocasionados pela estiagem.
Os municípios que estão em situação de emergência são os seguintes: Agrestina, Águas Belas, Alagoinha, Altinho, Angelim, Belo Jardim, Bezerros, Bom Conselho, Bom Jardim, Bonito, Brejão, Brejo da Madre de Deus, Buíque, Cachoeirinha, Caetés, Calçado, Camocim de São Félix, Canhotinho, Capoeiras, Jurema, Lagoa do Ouro, Lajedo, Limoeiro, Machados, Orobó, Palmeirina, Panelas, Paranatama, Passira, Pedra, Pesqueira, Poção, Riacho das Almas, Sairé, Salgadinho, Saloá, Sanharó, Caruaru, Casinhas, Correntes, Cumaru, Cupira, Feira Nova, Frei Miguelinho, Garanhuns, Gravatá, Iati, Ibirajuba, Itaíba, Jataúba, João Alfredo, Jucati, Jupi, Santa Cruz do Capibaribe, Santa Maria do Cambucá, São Bento do Una, São Caetano, São João, São Joaquim do Monte, São Vicente Ferrer, Surubim, Tacaimbó, Taquaritinga do Norte, Terezinha, Toritama, Tupanatinga, Vertente do Lério, Vertentes e Venturosa.

Fonte: G1

#Bomba: Descoberta falsa notícia sobre Falta de pagamento na Prefeitura de Santa Maria do Cambucá

Estão sendo investigado os autores da falsa notícia.



          No início da semana população foi surpreendida com a FALSA notícia de que o MPPE havia recomendado a suspensão das festividades na cidade, devido a atraso no pagamento dos servidores públicos, porém IMEDIATAMENTE os próprios funcionários começaram a se manifestar DESMENTINDO O "FATO".
        A prefeitura também acionou o departamento Jurídico para verificar se realmente havia essa suspensão, porém mais uma vez o ocorrido foi NEGADO como constatado nos documentos do MPPE. No esclarecimento consta o nome de outras cidades, já o nome de Santa Maria do Cambucá foi colocado de forma FRAUDULENTA e CRIMINOSA. 
       
A secretária de Saúde Silvana Lima postou em sua rede social a sua indignação pelo ocorrido.
 
As INVESTIGAÇÕES apontam que as FALSAS notícias tem ligações e MOTIVAÇÕES POLÍTICAS. 

Confira o esclarecimento feito pela Secretária de Saúde Silvana Lima;

"Em razão da divulgação de áudios e imagens nas redes sociais e blogs sobre o possível cancelamento de festividades em Santa Maria do Cambucá sendo justificado por dívida da Prefeitura com seus funcionários, em que acusa o prefeito Alex Robevan de estar em dívida total ou em parte com seus funcionários torna público o esclarecimento sobre o acontecido.
Isso se justifica pelo fato de que, apesar de tudo estar em ordem no Município, alguns insatisfeitos com o bom andamento da prefeitura e suas secretarias resolveram falsificar essa notícia afim de prejudicar e causar reboliço.
Servidores(as), eleitores(as) e cidadões(ãs) de Santa Maria, não acreditem em boatos.
Acreditem no que veêm e em quem sempre esteve disposto à ajudar.
Quem conhece nossa história de luta sabe muito bem que não somos e jamais seremos omissos.
Aproveitadores estão por aí e por esse motivo é importante procurar a fundo a veracidade das notícias que são divulgadas.
Nem tudo o que fazemos é divulgado. Mas a população vê o trabalho acontecendo em cada setor e sabem que será feito muito mais.
E quanto as festividades acontecerão sim
, no qual todos sabem que tenho um Bloco Infantil a 9 anos!!!
Eis a notícia verdadeira e a 
 falsa!"




 FALSA NOTÍCIA
ABAIXO

quarta-feira, 10 de janeiro de 2018

Proposta define regulamentação da vaquejada

VALEU O BOI


A Câmara analisa proposta que regulamenta as práticas da vaquejada, do rodeio e do laço no Brasil. O texto (PL 8240/17), que altera a Lei 13.364/16, é de autoria do senador Raimundo Lira (PMDB-PB).
A proposta regulamenta a recente emenda constitucional aprovada pelo Congresso Nacional (EC 96), que dentre outros pontos reconhece a vaquejada como um bem de natureza imaterial integrante do patrimônio cultural brasileiro. A emenda determinou a regulamentação da prática por uma lei específica, que assegure o bem-estar dos animais envolvidos.
De acordo com o texto aprovado no Senado, ficam reconhecidos o rodeio, a vaquejada e o laço como expressões esportivo-culturais pertencentes ao patrimônio cultural brasileiro de natureza imaterial, sendo atividades intrinsecamente ligadas à vida, à identidade, à ação e à memória de grupos formadores da sociedade brasileira.
Regras
A proposta define as modalidades que passam a ser reconhecidas como esportivas, equestres e tradicionais. Na lista estão, entre outras, o adestramento, o concurso completo de equitação, o enduro, o hipismo rural, as provas de laço e velocidade, a cavalgada, a cavalhada, o concurso de marcha, a corrida, as provas de rodeio e o polo equestre.

O texto aprovado determina ainda que deverão ser aprovados regulamentos específicos para o rodeio, a vaquejada, o laço e as demais provas equestres, por suas respectivas associações, no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Esses regulamentos devem contemplar regras que assegurem a proteção e o bem-estar dos animais, e prever punições para os casos de descumprimento.
Sem prejuízo de outras leis que tratem sobre o bem-estar dos animais, deve-se, em relação à vaquejada, assegurar água e alimentação suficiente sempre à disposição, assim como um local apropriado para o descanso. Também prevenir ferimentos e doenças por meio de instalações, ferramentas e utensílios adequados, além da prestação de assistência médico-veterinária.
O projeto também estabelece que os promotores de eventos utilizem protetores de cauda em todos os bois, além de garantirem uma quantidade mínima de areia lavada de 40 centímetros de profundidade na faixa em que acontece a pontuação.
Tramitação
A proposta, que tramita com apensados (PL 6298/16 e outros), será analisada em caráter conclusivo por uma comissão especial ainda a ser criada.

ÍNTEGRA DA PROPOSTA:

Da Redação – RM
Com informações da Agência Senado

quinta-feira, 4 de janeiro de 2018

#FESTADEREIS2018 – VAI COMEÇAR: A MELHOR FESTA DE REIS DA REGIÃO

A MELHOR FESTA DE REIS DA REGIÃO
  

A tradicional Festa de Reis da cidade de Santa Maria do Cambucá tem início 

nesta sexta-feira (5) e vai até o sábado (6).


A programação completa terá missa, na igreja Matriz de Nossa Senhora do Rosário, alvorada e shows musicais na Cidade e também no Clube Municipal.




Na sexta musa, bossas e Luan Douglas e vilões do forro se apresentam às 23h00 no Clube Municipal.



No sábado, as bandas mastruz com leite e magníficos animam os festejos às 22h00 em Praça Pública.