TV JORNAL

quarta-feira, 1 de outubro de 2014

A FEBRE DOS SMARTPHONES

Por Mauricio Marques

Foto: Divulgação


 Lembro-me bem, quando apareceram os primeiros celulares - enormes e exageradamente caros, não possuíam aplicativos atualizáveis, ou seja, o usuário estava fadado a continuar com o aparelho exatamente igual ao que saiu da loja.
Os celulares deixaram de ser apenas um telefone móvel há muito tempo. Agora são utilizados para ouvir música, gravar vídeos, jogar, fotografar, acessar a internet e também para fazer ligações.
E o bom e velho celular foi ficando mais inteligente e deu origem a outra modalidade: os smartphones. Cada vez mais se parecendo com o computador. Nele é possível, além dos recursos mencionados acima, instalar diversos tipos de aplicativos abrangendo os mais variados segmentos do nosso cotidiano.
A primeira onda dos smartphones começou com executivos que precisavam estar constantemente conectados às suas organizações. Já não era suficiente receber ligações e mensagens 24h. Era necessário também receber os e-mails!
Essa febre fez surgir smartphones dos mais diferentes tipos, sendo o iPhone um dos mais desejados. E agora, os smartphones com o sistema operacional Android estão caindo no gosto popular (incluindo eu). A cada dia surgem novos aplicativos e widgets para os mais diversos fins. Basta acessar Apple Store (iphone) ou então o Google Play (Android). Lembrando que a maior parte desses aplicativos são grátis e os pagos são baratinhos.

Selecionei alguns dos aplicativos interessantes e bastante utilizados.

1- Instagran
O Instagram e o Picplz, aplicativos para iPhone e Android, respectivamente, funcionam como editores de fotos, mas ganharam fama na internet graças aos seus filtros de efeito retrô. Além de dar um visual antigo às fotografias, os programas permitem aos usuários compartilhar as imagens no Twitter ou Facebook. Os sites onde são hospedadas as fotos funcionam como uma rede social e permite adicionar amigos. O Instagram, responsável pelo surgimento do gênero, tem atualmente mais de 3,5 milhões de usuários.


2- Skype
Com o aplicativo Skype, disponível para iPhone e Android, é possível realizar ligações gratuitas para outras contas de Skype ou ainda pagar tarifas inferiores em ligações locais, interurbanas ou internacionais para números fixos e celulares. A interface do programa lembra o teclado convencional e o uso das ferramentas é bastante intuitivo. Além de permitir a comunicação Voip (voz sobre IP), o Skype também permite fazer uma videoconferência. Todos seus serviços podem ser acessados através de uma conexão Wi-Fi ou 3G.


3- Google Maps
O Google Maps transformou o celular em um “pseudo” GPS. Através dele, o usuário busca endereços, se localiza geograficamente, traça rotas, pesquisa serviços, encontra amigos que estão na região, consulta o trânsito e ainda tem acesso aos itinerários do transporte público na cidade. O aplicativo é bastante abrangente e tem versões para Android, BlackBerry, iPhone, Nokia S60 e Windows.


OBS:
Todos os aplicativos citados estão disponíveis no Apple Store (iphone) e Google Play (Android). 

0 comentários:

Postar um comentário