TV JORNAL

quinta-feira, 15 de maio de 2014

ONDA DE VANDALISMO CHEGA A CARUARU E TORITAMA

Segundo relatos de comerciantes e cidadãos, alguns vândalos também estão atuando na região de Caruaru e de Toritama.
Foto: Internet

Consideradas polos comercias as cidades do agreste começam a sofrerem pela falta de policiamento.
O comércio do centro de Caruaru está fechando as portas devido a assaltos realizados nas rua 15 de Novembro e no Parque 18 de Maio.



João Lira pede ajuda da força Nacional
G1.
O primeiro grupo da Força Nacional de Segurança Pública iniciou há pouco a mobilização para dar suporte ao esquema de segurança no Recife e Região Metropolitana, que estão sem a cobertura da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiro desde a manhã da última terça-feira (13). A Companhia Independente de Operações e Sobrevivência na Área de Caatinga (Ciosac) vai ficar responsável por orientar a Força Nacional na localização e geografia das cidades. O grupo, apesar de ser ligado à Polícia Militar, decidiu não apoiar a greve.
Um avião da Força Aérea Brasileira (FAB) deve trazer mais tropas da Força Nacional às 11h30 e outro às 16h30, conforme assessoria de comunicação do Governo de Pernambuco. O contingente das tropas não foi informado, segundo a assessoria, para não atrapalhar o esquema de segurança montado para coibir a onda de assaltos e vandalismo que aterroriza a população.

A presença da Força Nacional faz parte de um pedido feito pelo governador João Lyra Neto (PSB) ao Governo federal para preservar a ordem pública e a segurança dos cidadãos e do patrimônio do estado. A solicitação foi feita na noite de ontem (14), em caráter de urgência, e enviado para a presidente Dilma Rousseff (PT).

O pedido também foi encaminhado para o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, que desembarca na capital pernambucana por volta das 16h. Após se reunir com o governador, o ministro irá comandar pessoalmente a atuação das tropas federais.

0 comentários:

Postar um comentário