TV JORNAL

quinta-feira, 10 de abril de 2014

João Lyra Neto é o governador de Pernambuco

O caruaruense garantiu a continuidade das ações já iniciadas na gestão Eduardo

Lyra vai ciceronear a presidente Dilma Rousseff na próxima segunda (14). Foto: Felipe Ribeiro/JC Imagem


Desde as 16h40 da última sexta-feira (4), Caruaru tem um governador: João Lyra Neto. O político tomou posse na Alepe (Assembleia Legislativa de Pernambuco) depois que o agora ex-chefe do Executivo estadual, Eduardo Campos (PSB), deixou o cargo para disputar a Presidência da República. A solenidade, comandada pelo presidente da Assembleia, Guilherme Uchôa (PDT), foi bastante prestigiada pela classe política, com destaque para a presença de quatro ex-governadores: Roberto Magalhães, Joaquim Francisco, Jarbas Vasconcelos e Mendonça Filho.
Dezenas de políticos do Interior também estavam presentes, entre eles o prefeito de Caruaru, José Queiroz (PDT), e seu vice Jorge Gomes (PSB); o ex-ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra Coelho (PSB); o prefeito do Recife, Geraldo Julio (PSB); e os vereadores Leonardo Chaves (PSD), Rodrigues da Ceaca (PRTB), Rosemary da Apodec (DEM), Lula Tôrres (PR), Gilberto de Dora (PSB) e José Aílton (PDT).
A solenidade teve início por volta das 16h, com o governador sendo recepcionado pelos deputados Tony Gel (PMDB), Laura Gomes (PSB) e Raquel Lyra (PSB), sua filha. O deputado federal Raul Henry (PMDB) disse que se sentia orgulhoso em ver João Lyra Neto chegar ao comando do Executivo estadual. "Eu acompanhei João Lyra Filho nos seus comícios contra a ditadura. Fui criado em Catende e sempre ia a Caruaru, ainda menino, assistir aos comícios. João Lyra Neto é muito preparado e vai dar conta desse momento que o Estado vive", afirmou Henry.
Os vereadores de Caruaru também estavam emocionados. "Estou muito orgulhoso nesse momento. João Lyra Neto seguiu a linha de seu pai e sempre se preocupou com as demandas dos mais necessitados", disse Rodrigues da Ceaca. "Eu vi João Lyra, ainda jovem, assumir a direção das empresas da família e hoje é o nosso governador", recordou Leonardo Chaves. "Um momento mágico para a nossa cidade e para o Estado. João vai ser um grande governador e vai surpreender positivamente", completou José Aílton.
DISCURSO
Durante seu discurso, João Lyra Neto fez uma retrospectiva da sua vida e de sua família na política local, estadual e nacional. "Minha história com Eduardo vem de longe, de muito tempo. Apaixonado pela política, João Lyra Filho (seu pai) e Miguel Arraes lançaram, em 1959, a Frente Popular de Pernambuco. Naquele ano, o grupo apresentou seus dois primeiros candidatos a prefeito: João Lyra Filho, em Caruaru, e Miguel Arraes, em Recife", relembrou o governador.
João Lyra também destacou a trajetória política de seu irmão, Fernando, falecido há pouco mais de um ano. "Eleito deputado, Fernando assumiu o mandato em 1971, no período conhecido como anos de chumbo da ditadura. Fernando fez parte de um grupo de parlamentares combativos, como Marcos Freire, Fernando Vasconcelos, Roberto Freire e Marcos Cunha. Quando surgiram os autênticos, Fernando foi um dos principais nomes, tendo como principal bandeira a articulação para uma nova Constituinte e as eleições diretas. Como as diretas não vieram, Fernando articulou o nome de Tancredo Neves para ser eleito presidente no Congresso", afirmou.
Posteriormente, Fernando Lyra foi indicado para ser ministro da Justiça, assumiu o cargo no governo José Sarney e, mesmo com a morte de Tancredo, foi fundamental para o fim da censura no país. O presidente da Alepe, que ouvia o discurso do governador caruaruense atentamente, comentou: "João Lyra Neto está assumindo o Governo do Estado. Tenho certeza absoluta que ele vai seguir as tradições de sua família e ser um grande gestor. Pode contar com essa Casa, governador João Lyra", disse Guilherme Uchôa.
O ex-governador e presidenciável Eduardo Campos também falou com VANGUARDA. "João Lyra Neto é meu companheiro e não é de hoje. Temos muitas histórias de lutas. Foi um grande companheiro, um grande vice-governador e tenho certeza que tocará o Estado com muita competência e determinação", comentou.
TRANSMISSÃO
Durante a passagem do cargo que ocorreu no Palácio do Campo das Princesas - logo após a solenidade na Assembleia -, Eduardo Campos e a ex-primeira-dama, Renata, receberam João Lyra Neto. Uma estrutura especial foi montada em frente à sede do governo, onde cerca de mil convidados participaram da cerimônia. "Gostaria de encerrar minhas palavras ratificando os compromissos que assumimos há sete anos e três meses. Peço a todos o apoio para esse momento de dificuldade que muitas prefeituras estão passando, principalmente por causa da seca", disse João.
O novo governador ainda fez um agradecimento especial. "A você, Eduardo, minha gratidão, meu reconhecimento. Foi uma honra trabalhar com você nestes sete anos e três meses. Um exemplo de gestão para o Brasil e para o mundo. Boa sorte. O Brasil lhe espera. Tenho certeza que o Brasil vai entender sua mensagem. Pode ter certeza também, meu amigo, que vou cumprir todos os compromissos que assumimos juntos com a população", finalizou João Lyra.

Fonte: http://www.jornalvanguarda.com.br/v2/?pagina=noticias&id=15428

0 comentários:

Postar um comentário